Roma

Finalmente cá estamos na última viagem!

E não menos importante o destino é Roma, capital da Itália, do Mundo, com seus milênios de história para se desbravar em um verdadeiro museu a céu aberto.

Foram dois dias intensos em Roma, que sem delongas já começaram com o…

O Coliseu.

Meu primeiro walking tour em Roma seria no Coliseu e no Foro Romano. Estava aí esperando o tour começar. Desde Berlim valorizo muito os tours guiados, porque você aprende um monte com os guias.

O Coliseu, por dentro.

Já dentro, pude viajar na história desse antigo anfiteatro. É verdade que muito da forma original se perdeu, mas ainda é possível compreender a grandiosidade desse “estádio” da antiguidade.

Um panorama do Coliseu.

Clique na imagem para podem ter uma noção de um panorama do Coliseu. Iradíssimo, não é?

Parte da Roma Antiga, sítio arqueológico.

Depois do Coliseu nós entramos no Monte Palatino, que dava acesso às escavações onde ficava o Foro Romano. Hoje vemos pouquíssimo do que existia aí, mas é suficiente para imaginar e entender a importância desse espaço, o centro do governo Romano.

Hosteria e Pizzeria Da Vito e Dina.

Saindo da Roma Antiga e indo para o Museu do Vaticano, dei uma parada para comer uma pizza com o Vito aí. Super simpático, e com uma pizza reconhecida internacionalmente, a hosteria e pizzeria da vito e dina é parada certa em qualquer volta a Roma.

Um "teto" no Museu do Vaticano.

Bem, não consegui absorver muito do museu do Vaticano, e em parte a resposta está aí em cima e ali embaixo. São tantos detalhes, tanta informação, que você se perde facilmente dentro do que está vendo.

Um "corredor" no Museu do Vaticano.

O que você notou? O teto? Os mapas? As pessoas? É bem disso que estou falando… E ainda termina com a Capela Sistina, a qual não podemos tirar fotos, mas que segue esse excesso de informação que mencionei antes.

Saída do Museu do Vaticano.

Para terminar a sensação de confusão, segue a saída do museu em uma escada espiralada.

A Praça de São Pedro.

Já em outra parte do Vaticano eu parti para a Basilica de São Pedro, não sem antes gastar um tempo para apreciar a praça que fica em frente a ela.

A praça de São Pedro, do alto.

Eu subi na cúpula em outra dia, e lá de cima dá para ter uma noção melhor do espaço. A foto anterior é dá fonte à esquerda. Essa simetria romana é muito interessante, não é?

A Basilica de São Pedro.

A Basilica de São Pedro tem muito daquele excesso de informação do Museu do Vaticano. Porém aqui o sentimento convém porque ela TEM que ser assim. A grandiosidade dessa igreja faz jus a ser a mais importante do mundo católico.

O Camp di Fiori.

Eu fiz um walking tour noturno sobre os fantasmas de Roma, e ele começava justamente pelo Camp di Fiori. Essas praças têm vários bares e restaurantes, e são palco de uma boa parte da vida noturna de Roma.

A Fontana di Trevi, à noite.

Aproveitando a noite encerrei o dia indo à Fontana di Trevi. Espetáculo à parte e deslumbrante, seja de dia, seja de noite.

A Piazza Navona.

E foi na Piazza Navona que começou o meu segundo dia. Além da embaixada brasileira ela tem essa fonte que representa os maiores rios do mundo despejando água sobre a terra. Cada homem é um rio e o que está na foto é o La Plata, aqui da América do Sul.

O Panteão.

De lá caminhamos para o Panteão. Lar dos deuses romanos, hoje uma igreja, essa construção resiste a séculos. O topo da cúpula é aberto, portanto qualquer que seja o tempo exterior, será o mesmo dentro do Panteão.

A Fontana di Trevi, de dia.

Voltei à Fontana de Trevi nesse tour, e pude confirmar sua beleza, qualquer que seja a hora do dia.

Monumento à Pátria Italiana.

De lá, caminhando um pouco mais, chegamos nesse monumento. Os romanos chamam ele de “bolo de casamento”, com esse certo desdém, pois eles não gostam muito dele. Enorme, ele chama a atenção. Segundo eles também é “branco demais”. Enfim, tire suas próprias conclusões.

Ponte em frente ao Catelo de Sant'Angelo.

Já depois do tour, e depois do almoço, ia voltar ao Vaticano. Tanto para prestar uma homenagem ao João Paulo II, quanto para subir na Basilica (e tirar a foto que postei mais acima). No caminho, tive a visão dessa ponte que fica à frente do Castelo Sant’Angelo. ˆˆ

A Praça da República.

Depois do meu momento no Vaticano parti para ver mais três e finalizar minha visita na Praça da República, onde havia mais essa fonte.

 

No fim Roma atendeu todas as minhas expectativas para uma cidade impressionante. Certamente voltarei a visita-la e provavelmente voltar a alguns desse lugares, pois são sensacionais.

 

Depois desses posts sobre as minhas viagens devo fazer mais alguns e manter esse blog. Tanto com fotos de outros lugares quanto com uns pensamentos ou escritos que faça.

Até mais!

Sobre Tiago

Changemaker, facilitator, thinker.
Esse post foi publicado em Cidades, Intercâmbio, Viagens e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Roma

  1. Porra, curti pra caraio as fotos!! Bom que tu tá aproveitando bem aí!!! Enjoy! e vamos conversar quando tu voltar!🙂 Abraço!!

  2. Mariana disse:

    lindas as fotos! demais!

    como assim branco demais, o.o? ploft! DWE9UR89WER ! esse povo.

    o coliseu é magnifico *_*

    também quero tirar fotinhas e comer spaghetti ao denti .-.

    mimimi

    beigos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s